JOSÉ SILVA PINTO, “POETA” DA FOTOGRAFIA

JOSÉ SILVA PINTO O “POETA” DA FOTOGRAFIA

As suas imagens são poesia. Não são apenas retratos casuais.

Mas momentos que contam histórias de vida, com uma carga emocional que vai além do que as palavras podem alcançar.

Nas suas histórias, África é grandiosa, forte, sedutora e cheia de “ginga” totalmente despojada de artifícios.

Aqui, a simplicidade e a beleza aconchegam-nos a alma, numa viagem de autenticidade pura.


JOSÉ SILVA PINTO O “POETA” DA FOTOGRAFIA© JOSÉ SILVA PINTO


José Silva Pinto nasceu em Angola, Lobito (1959). Cresceu em Luanda, Lubango e Ndalatando, até aos quinze anos, altura em que partiu para Portugal.

Após frequentar o liceu em Lisboa, ingressou no Instituto Superior Técnico, em 1979, no curso de Engenharia. Concorreu para uma bolsa de estudo, e completou a sua formação científica em Zurique, Suíça, onde se especializou em Projeto e Concepção de Equipamentos Mecânicos para a produção de Fármacos.

Em 1984, iniciou uma carreira profissional internacional, ligada numa primeira fase à indústria farmacêutica e, em seguida, à petrolífera.

Portugal, Espanha, França, Itália, Bélgica, Holanda, Alemanha, Rússia, Vietname, Cambodja, Gabão e Congo foram alguns dos muitos países onde viveu e trabalhou.

“Esta experiência diversificada e multicultural foi determinante na forma como vê o mundo e como fotografa.”

Video - Contagem Decrescente
Contagem Decrescente (Exposição Instituto Camões Luanda)
Concepção, Direcção, Realização – Noémia Prada
Fotografia – José Silva Pinto
Imagens Aéreas – André Silva Pinto
Produção – FACE Studio Angola

O ano 2000 é marcado pelo regresso a Angola, de onde tinha partido com a família, em 1975.

Neste reencontro com o seu país natal dá-se uma viragem a nível profissional. Após três anos a trabalhar ainda com petrolíferas, decide em 2003/2004 dedicar-se por inteiro à sua grande paixão de sempre: a fotografia. Nesta área, nomes como Eduardo Gageiro e James Nachtwey foram as suas referências e fontes de inspiração.

Atualmente,  admira o trabalho de Kostadin Luchansky e André Silva Pinto. É com um enorme orgulho e satisfação que vê o filho seguir a sua carreira.

“A fotografia fez sempre parte da sua vida. Ainda criança, ficava fascinado com as imagens dos jornais e revistas que o pai trazia para casa e com as quais ficcionava narrativas”

JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA© JOSÉ SILVA PINTO


Quando, alguns anos depois, teve a sua primeira câmara, tornou-se ele próprio o autor destas histórias, fotografando sempre que podia.

Aliada à fotografia de autor, José Silva Pinto dedica-se igualmente à vertente empresarial, tendo criado em 2004, a Casa da Fotografia, projeto que durou cerca de três anos.

Em 2008, nasceu o Face Studio Angola, produtora de conteúdos audiovisuais, da qual é sócio fundador. Esta empresa é direcionada para o sector publicitário e institucional e opera a nível nacional e internacional.

Já em 2018, surgiu uma nova paixão na sua vida: a pintura. Embora desenhasse desde muito novo e o desenho estivesse sempre presente na sua vida, até por motivos profissionais (desenho técnico), nunca tinha arriscado entrar no mundo das tintas e dos pincéis.

O seu pai também pintava e desde pequeno que sentiu uma ligação forte com a pintura.

“Neste momento, desenha, pinta a acrílico e mais uma vez cria obras únicas, conceptuais e originais. O sentido estético apurado que se revela nas suas fotos é também transmitido para a tela.”

JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
PlayPause
Slider

Como fotógrafo gosta de registar rostos, pessoas, vidas. Na pintura, é igualmente presente esta temática.

Como criador e artista, José Silva Pinto define-se como um contador de histórias, acima de tudo.

A sua fotografia é para ser lida, sentida, vivida.


JOSÉ SILVA PINTO O “POETA” DA FOTOGRAFIA© JOSÉ SILVA PINTO

“Recusa a encenação e o abuso no tratamento digital fotográfico. O seu trabalho reflecte a realidade tal qual ela é. Recusa a imagem fácil, estereotipada, formatada. Recusa os lugares comuns, o imediatismo.”

Procura captar o belo, a emoção mas não ignora a complexa e por vezes perturbadora realidade que o rodeia. A sua fotografia não pretende ser decorativa  e pouco o incomoda o facto de “não ficar bem na parede da sala”…

Embora seja direto, destemido e com um humor sarcástico e acutilante, existe um lado tímido em José Silva Pinto, uma postura recatada e discreta que contrasta com a frontalidade e ousadia das suas imagens.

A fotografia de José Silva Pinto é um reflexo dele próprio: verdadeira, real, honesta, autêntica, despretensiosa, genuína, direta, sem filtros e muitas vezes provocadora.


JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
JOSÉ SILVA PINTO | O “POETA” DA FOTOGRAFIA
PlayPause
Slider

No mundo artístico, é conhecido por Tonspi (um quase anagrama, criado pelo próprio, do seu apelido Pinto)  e o seu percurso conta com inúmeras exposições:

“José Silva Pinto” – Luzideia, Samora Correia, Portugal. (1999)

“Olhares”– Sala do Casino do Hotel Marina, Luanda, Angola. (2003)

“Deambulações” – Bar /Pub Desigual, Luanda, Angola. (2004)

“Meet the Arts of Angola” – Embaixada de Angola em Tóquio, Japão. (2005)

“Dipanda Forever” – Exposição Colectiva Trienal de Luanda, Angola. (2006)

Exposição Individual a convite do Escritório de representação diplomática de Angola em Seoul, Coreia do Sul. (2007)

“Ki Mona Mesu” – Exposição conjunta com o pintor Mário Tendinha, Centro Cultural Português, Instituto Camões, Luanda, Angola. (2015)

“Kaluandando” –  Exposição colectiva, Centro Cultural Português, Instituto Camões, Luanda, Angola. (2017)

“442º Aniversário da cidade de Luanda” –  Exposição colectiva, CCBA -Centro Cultural Brasil Angola, Luanda. (2018)

Das suas inúmeras viagens e vivências resultou a publicação de dois livros:
“José Silva Pinto”, com o patrocínio do Banco Espírito Santo Angola, Editora Barbieri, Lisboa. (2008)
“Cá Entre Nós”, Editora Tinta da China, Lisboa. ( 2012)

Bibliografia / Biografia de Noémia Prada


JOSÉ SILVA PINTO O “POETA” DA FOTOGRAFIA© JOSÉ SILVA PINTO


Instagram
View this post on Instagram

A post shared by Tonspi (@tonspi) on

José Silva Pinto

José Silva Pinto