GRUPO DE ARTESANATO DAS GALINHAS DO KIKOLO

Galinhas do Kikolo

No Kikolo, Cacuaco, em Angola, um grupo de jovens artesãos angolanos criou um   projeto único, que lhes permite criar um percurso profissional e uma forma de subsistência. Todos sofrem de deficiência motora (sendo a sua maioria vítimas de poliomielite) o que lhes dificulta o acesso ao mercado de trabalho tradicional.


Em 2011, quando Virgínia Romão, um dos membros do Grupo Amizade em Angola (ONG), conheceu estes jovens elaborou um plano que lhes permitisse criar uma atividade como artesãos. A título pessoal e através do Grupo de Amizade, prestou-lhes ajuda não só na área de formação como na aquisição de materiais para desenvolvimento de sua atividade, além do financiamento de alterações estruturais do espaço, de modo a adequá-lo à deficiência de que são portadores. Em regime de voluntariado, estes jovens aprenderam técnicas de pintura, colagem, utilização de papel maché e reciclagem de papel, criando bases para iniciarem o seu processo profissional.

Galinhas do Kikolo

Em determinada fase do seu percurso estiveram integrados numa associação local contudo, devido à falta de condições não só de deslocação como de materiais, voltaram a trabalhar autonomamente reunindo-se no quintal de uma das artesãs deste grupo.

O Grupo Amizade Angola continua a apoiá-los, permitindo-lhes manter uma actividade diária, perseverante, criando o seu próprio posto de trabalho, perpetuando a promoção da dignidade das pessoas portadoras de deficiência física (PPDs), a sua inserção social e uma vida e futuro condignos.

Galinhas do Kikolo

As galinhas são a sua imagem de marca e juntamente com o nome da cidade onde estão sediados fizeram nascer a marca porque são reconhecidos atualmente: Grupo de Artesanato das Galinhas do Kikolo. Mas o grupo tem mais do que galinhas. Embondeiros, peixes, tartarugas e, claro, galinhas, são algumas das peças que estes jovens desenvolvem, percorrendo o processo de execução desde a preparação do papel, que recebem de algumas empresas e embaixadas, à criação do papel maché, à moldagem das figuras e à pintura das mesmas. Cada peça é única e feita integralmente à mão.

Habitualmente vendem os seus produtos em feiras e lojas de artesanato na zona de Luanda e participam, como expositores, em alguns eventos para os quais são convidados, tendo já um trabalho meritório que tem sido reconhecido não só em Angola como internacionalmente.

As Galinhas do Kikolo têm sido apresentadas em vários países em eventos diversos, como a Expo-Milão 2015, no Pavilhão de Angola; na Afrifest, em Houston; e em bazares diplomáticos e outros eventos internacionais. Graças aos clientes angolanos e não só, as Galinhas do Kilolo viajam por todo o mundo, colorindo todos os continentes.


Grupo de Artesanato das Galinhas do Kikolo
Grupo de Artesanato das Galinhas do Kikolo
Grupo de Artesanato das Galinhas do Kikolo
Grupo de Artesanato das Galinhas do Kikolo
Grupo de Artesanato das Galinhas do Kikolo
Grupo de Artesanato das Galinhas do Kikolo
PlayPause
Slider

facebook